Livros produzidos e editados pela Vidaria Livros

 

“Vidaria: uma coletânea de sentidos da vida”

O livro (Autografia/2015) é fruto de mais de 100 entrevistas com pessoas de diferentes realidades sobre o sentido da vida. A publicação traz a história de 40 dos entrevistados, como líderes religiosos, moradores de rua, ex-criminosas, milionários e pobres, crianças e idosos, artistas e empresários. Há, ainda, depoimentos de quem foi diagnosticado com doenças graves, como um câncer ou o vírus do HIV. As histórias são separadas por capítulos e ensaios sobre amor, aproveitar a vida, evolução, família, Deus, trabalho e realização de sonhos. O prefácio é do filósofo Arthur Meucci, coautor do livro “A vida que vale a pena ser vivida”, escrito junto com o professor Clóvis de Barros Filho. O livro foi escrito por Gabriela Gasparin e publicado pela editora Autografia em 2015. Saiba mais sobre o livro e sobre o projeto em www.vidaria.com.br


livrooma1A vida de Elisabeta Schneider

A narrativa traz a história da vida da imigrante bósnia Elisabeta Bauer Schneider, que chegou ao Brasil em 1926 acompanhada de um marido que não amava (o casamento foi arranjado) e de três filhos pequenos para criar. O livro conta a trajetória de luta dessa mulher na São Paulo do início do século XX. Ela precisou arregaçar as mangas para sustentar as crianças após o marido sofrer um acidente e ficar impossibilitado de trabalhar. Construiu um legado de sabedoria e força e é fonte de inspiração para toda a família. O livro foi escrito por Gabriela Gasparin, editado e publicado pela Vidaria Livros em 2016.


Eliezer Souza Cedro – O nosso guia

Escrito pela Família Cedro, o livro homenageia Eliezer Souza Cedro, que aos 93 anos era fonte de orgulho e aprendizado para familiares e amigos. Eliezer migrou ainda jovem da Bahia para o Sudeste em busca de trabalho e melhores condições de vida. Passou por dificuldades e humilhações. Em São Paulo, abraçou as oportunidades que a vida lhe trouxe com garra e fez carreira na indústria siderúrgica. É admirado e considerado exemplo de simplicidade e honestidade por filhos, netos e bisnetos. O livro foi escrito pela Família Cedro e editado pela Vidaria Livros em 2016.

Anúncios

4 comentários

  1. Oi saudações! Estou recentemente desenvolvimento uma autobiografia, que envolve 35 anos de relatos.
    Já tenho boa parte escrita, também já fiz uma programação de tudo o que ainda desejo escrever.
    Vou passar uma breve na narrativa, que seria escrito na contra capa do meu livro.

    O Menino que Escrevia

    A história de Samuel, um garotinho que gostava muito de escrever e tinha isso como sua brincadeira favorita.
    Um menino que via com os olhos como de um gato, que observava atentamente o mundo a sua volta, descrevendo detalhes como de profissionais da escrita.
    Aos 8 anos de idade já era um garoto prodígio na escola, surpreendendo os professores que ficavam admirados.
    Mas havia nele um dom que estava escondido em seu frágil coraçãozinho, por não entender o que era Isso, sofreu muito na sua infância e na adolescência.
    Era como se ter um grande pássaro preso em suas entranhas, sentindo-se a ponto de explodir, então o único refúgio que encontrava era escrever.
    Mas houve um dia em que tudo foi lhe esclarecido, então aquele grande pássaro pode voar e alcançar as mais altas nuvens.

    Estarei esperando suas respostas.
    Um abração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s