A Jornada do Herói: como usar a famosa teoria do Joseph Campbell na sua história real

A Jornada do Herói é um conceito inspirado no livro “O Herói de Mil Faces”, de autoria do especialista em mitologia Joseph Campbell. Também conhecida por monomito, essa estrutura é usada por escritores e roteiristas para criar histórias atrativas e envolventes sobre um personagem. Sua aplicação é bastante comum nos mundos do cinema e da publicidade. O que pouca gente sabe é que dá para usar o disseminado conceito também na escrita de não ficção, como em biografias ou autobiografias. Neste texto explico como usar o conceito da Jornada do Herói na escrita da sua história real.

Assista vídeo que publicamos sobre a Jornada do Herói no nosso canal do YouTube

Primeiro é importante você entender o que diz o conceito da Jornada do Herói. Segundo ele, há uma espécie de roteiro comum e cíclico a todas as histórias vividas por um personagem (por isso é chamado de monomito). Essa estrutura resumidamente envolve três etapas: partida; iniciação e retorno. Conheça cada uma delas:

Partida

Nessa fase o herói ou heroína (personagem principal, protagonista) encontra-se em sua vida cotidiana e recebe um chamado. Esse chamado é alguma coisa que o tira da zona do conforto e o obriga a mudar sua vida. Nas histórias reais, são acontecimentos como: demissão de um emprego, luto de um ente querido, diagnóstico de uma doença grave, mudança de país, etc.

Iniciação

É o “chamado à aventura”. Nesse momento a personagem enfrenta os desafios que acompanham a saída da vida comum. No caso de um pedido de demissão, a etapa pode ser representada por uma dificuldade de recolocação no mercado de trabalho. No exemplo da mudança de país, ela pode vir acompanhada de problemas imprevistos que fazem o personagem mudar completamente de planos. Independente do tipo de chamado, essa etapa envolve um caminho de provas pelo qual o nosso herói ou heroína precisa passar.

Retorno

Depois de passar por todas as provas, a personagem retorna para um estado de equilíbrio. Isso acontece após a solidificação de aprendizados proporcionados pelo caminho de provas. O personagem sai da aventura modificado, transformado e livre para aplicar tudo o que aprendeu na nova vida.  

Como usar a jornada do herói na minha história real?

Agora que você já sabe um resuminho do disseminado conceito, pergunto: você consegue encaixá-lo em algum episódio da sua vida ou da história de quem quer contar? Escrita de biografias e autobiografias nada mais são do que a Jornada do Herói nua e crua. Todo ser humano passa por chamados, desafios e acontecimentos que o transformam

A grande sacada na hora que você estiver escrevendo sobre uma história de um personagem real é identificar cada uma das etapas da Jornada do Herói e aplicá-las na construção da narrativa. Você pode dividir a história em fases e usar frases e palavras instigantes para fazer o leitor compreender que trata-se de uma verdadeira aventura vivida pela pessoa, que causou muito aprendizado e transformação.

Quer ajuda para escrever seu livro? Fale com a Vidaria Livros

Quer que eu te ajude a escrever a sua história? Na Vidaria Livros oferecemos serviços para quem sonha em escrever uma obra de não ficção. Escreva um livro sobre a sua vida, a história da sua família, empresa ou instituição. Entre em contato pelo: www.vidarialivros.com.br

Curta minha página no Facebook, Instagram e me siga no YouTube para mais dicas sobre como escrever o seu livro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s