Os “ogros e dragões” que toda mulher enfrenta na sua história

Dia das Mulheres: Valores masculinos e femininos precisam se juntar para a tão necessária transformação rumo ao amor e fim das guerras. Photo by Kourosh Qaffari on Pexels.com

Na história de vida das mulheres contemporâneas, uma necessidade comum surge, cedo ou tarde, a todas nós: a de buscar o som da nossa voz interior e escolher o próprio caminho a seguir.

No livro A Jornada da Heroína, a psicoterapeuta Maureen Murdock denomina essa etapa de “Estrada de provações” (Road of Trials, em inglês).

Na sociedade patriarcal em que vivemos, guiada por valores masculinos, somos direcionadas a acreditar que o caminho é um só: obter sucesso profissional com base em objetivos sufocantes de sucesso, dominação e poder. Também acreditamos que precisamos ser super-mulheres e fazer tudo isso enquanto cuidamos da casa, dos filhos e do lar. 

Enquanto nos enchemos de cobrança e pressão para dar conta de todo o recado, esquecemos quem verdadeiramente somos. Adoecemos, enlouquecemos.

Na obra, a autora nos lembra que há milênios, por conta do medo e da insegurança, o mundo abafa valores femininos de intuição, cuidado e criatividade. Com isso, desde pequenas enxergamos nossos pais como heróis e nossas guerreiras mães como medíocres.

Ao ingressarmos no caminho das provações, diz Maureen, estamos dispostas a mudar esse cenário. Para isso, precisamos enfrentar os “ogros e dragões” dos mundos externo e interno em busca de resgatar o nosso feminino ferido. 

É importante lembrar que tanto homens quanto mulheres têm ambos os aspectos dentro de si: o feminino e o masculino. Os homens também possuem seu lado sensível e intuitivo e, as mulheres, de execução e realização.

“O dragão mais desafiador de todos, no entanto, é o réptil social que nos sorri e diz: ‘sim, querida, você pode fazer o que quiser’, enquanto continua a sabotar seu progresso oferecendo poucas oportunidades, baixos salários, cuidados infantis inadequados e lentas promoções. O que esse dragão realmente nos diz é. “sim, querida, você pode fazer o que quiser, contanto que faça o que queremos que você faça”.

Este texto foi escrito no Dia da Mulher. Que a data nos sirva de inspiração e nos dê forças para que, juntas, possamos mudar esse cenário. Valores masculinos e femininos precisam se juntar para a tão necessária transformação rumo ao amor e fim das guerras.

Escreva a sua história

Organizar a nossa história em um livro nos ajuda a compreender melhor quem somos. Fale com a Vidaria Livros e escreva um livro sobre a sua vida. Entre em contato pelo nosso site www.vidarialivros.com.br.

Gostou desse conteúdo? Curta a gente Instagram e no YouTube para mais dicas sobre como escrever o seu livro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s