vídeo Um ano buscando sentidos da vida; assista ao vídeo do 1º aniversário do Blog Vidaria

Há exatamente um ano, no dia 20 de julho de 2013, eu resolvi colocar em prática uma ideia que carregava comigo há algum tempo: perguntar às pessoas o sentido da vida e publicar as resposta em um blog.

Curiosamente, a primeira resposta que recebi foi “a gente tem que sonhar” (leia aqui). Era de uma ambulante que encontrei nos arredores do Parque da Independência que sonhava em ser enfermeira e estava fazendo curso de enfermagem.

A resposta dela foi tão bacana que me incentivou a de fato começar o Vidaria. Eu estava super insegura de colocar a minha ideia em prática. Com receio tanto de fazer as entrevistas como de começar a publicá-las. Pensava, será que as pessoas vão gostar de ler esses depoimentos? Será que vão achar inútil? Será que vão achar que estou perdendo meu tempo?

DSCN8990Essa insegurança perdurou por pouco tempo. A preocupação do que as pessoas iriam achar foi indo embora, tomando lugar pela satisfação de ouvir as respostas.

De lá pra cá foram mais de 50 entrevistas. Já conversei com detentas, religiosos, moradores de rua, empresários, artistas, enfim, tudo quanto é gente. Recebi também depoimentos de pessoas que passaram por sufocos, perderam familiares próximos, mas seguem “tocando o barco”. E há outra alternativa?

Desses diálogos sobre um tema profundo com pessoas que eu acabo de conhecer surgem respostas que só me fazem crescer. Estar com a família, fazer o que gosta, amar a Deus, fazer o bem, aproveitar a vida, se divertir, ajudar ao próximo, aprender, evoluir…

Curioso que ao mesmo tempo que todo mundo parece ter a resposta na ponta da língua, na prática nem sempre parece tão fácil, né?

Aprendo mesmo com cada resposta. Já pararam para pensar como que sofremos, muitas vezes, desnecessariamente? Como que essa “vida” que todos queremos taí na nossa cara, toda hora, e às vezes fechamos os olhos para ela?

Faz um ano que me meti nessa de procurar o sentido da vida. E faz um ano que tenho certeza que foi a melhor coisa eu que poderia ter feito.

Pensar sobre o sentido da vida não significa que você vamos deixar de aproveitá-la.

Significa apenas despertar o questionamento para algo tão óbvio, mas ao mesmo tempo muitas vezes deixado de lado por nós no dia a dia. Será que apesar de sabermos a fórmula mágica do sucesso, a gente a coloca mesmo em prática?

Eu gostaria também de agradecer a todo mundo que tem apoiado o blog, aos entrevistados pelas entrevistas, aos meus amigos pelas dicas, sugestões e críticas. Eu fico muito feliz sempre que alguém vem falar que leu, que gostou, que viu um depoimento e se emocionou.

Muito obrigada a todos, do fundo do coração!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s